Skip to Store Area:

Loja Virtual

Os índios Xipaya: cultura e língua. Textos de Curt Nimuendajú.

Duplo clique na imagem acima para visualizá-la maior

Reduzir
Aumentar

Mais Visualizações

Os índios Xipaya: cultura e língua. Textos de Curt Nimuendajú.

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$60,00
Acrescentar itens ao carrinho Comprar

Descrição Rápida


Title: Os índios Xipaya: cultura e língua. Textos de Curt Nimuendajú
Author: Curt Nimuendajú
Translator: Peter Schröder
Publisher: Editora Curt Nimuendajú

ISBN: 978-85-99944-48-6


FILE TECHNICAL

1t Edition: 2019
Capa/Cover: Brochura
Dimentions: 160 x 230 mm
Pages: 295
Weight: 450 g


>



Os índios Xipaya: cultura e língua. Textos de Curt Nimuendajú



Este livro reúne uma série de 3 longos artigos de Curt Nimuendajú sobre a etnia Xipaya e sua língua (família Juruna, tronco Tupi), publicados originalmente em alemão, ao longo de 5 números da revista Anthropos, entre os anos de 1919 e 1929. Sua tradução é uma iniciativa do professor Peter Schröder, da UFPE, conhecedor do trabalho de pesquisa do autor. O tradutor (e organizador) brinda o leitor com uma introdução muito informativa sobre as condições de publicação dos artigos originais, e notas de rodapé ao longo de todo o livro, situando o leitor sempre que necessário. 

Da Apresentação da obra, pelo Prof. Schröder, extraímos trechos que informam das condições da pesquisa de Nimuendajú:

Julho de 1918: Nimuendajú se viu obrigado a ficar num lugar chamado Boca do Baú, localizado na foz do igarapé do Baú no rio Curuá, até março de 1919. Para aproveitar o tempo, transformou o paradeiro involuntário em oportunidade de pesquisa e começou a estudar a cultura dos Xipaya. O pequeno grupo destes indígenas que ele encontrou em Boca do Baú trabalhava em situação análoga à escravidão para o “dono” do local. Nimuendajú fez amizade com o pajé Mãwaré, o qual seria seu informante principal. No meio ano involuntário em Boca do Baú, Nimuendajú, segundo suas palavras, teria aprendido a se comunicar razoavelmente na língua Xipaya. Entre 1916 e 1919, Nimuendajú passou mais de um ano inteiro com pequenos grupos dos Xipaya, sobretudo num período contínuo de julho de 1918 até junho de 1919.

 

Acrescentar suas Tags:
Acrescentar Tags
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.